Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TERRAS DE AGUIAR - PARADA DO CORGO

Esta é a tua terra. Ama-a, estima-a, Respeita-a. Ajuda-a a ter futuro respeitando o seu passado. Não esqueças: Foi nela o teu berço, o dos teus pais, e avós.

TERRAS DE AGUIAR - PARADA DO CORGO

Esta é a tua terra. Ama-a, estima-a, Respeita-a. Ajuda-a a ter futuro respeitando o seu passado. Não esqueças: Foi nela o teu berço, o dos teus pais, e avós.

CASTIGA E VAI-SE EMBORA

 

Este podia ser o título de uma rábula para uma  comédia. Mas é apenas o título de um post  - que poderia ser grande mas é pequenino - servindo apenas  para perguntar ao amigo leitor  se não acha que os políticos de cá do burgo nos andam há anos a CASTIGAR  a soldo de alguém, ou é só uma estúpida de uma brincadeira.

É que eu sinto  os chicotes do FMI £ BRUXELAS a zoar por cima das costas. E o Leitor, não?

E tenho a certeza que estes senhores do chicote nos castigam para agradar à "Sociedade Secreta "Bruxelas £ Cª", a qual lhes garante empregos dourados caso a missão seja cumprida com algum rigor. 

  Por ventura, o leitor estará, tal como eu, ainda, a rabear das xicotadas de Gaspar... (o tal que não falava como gente normal), esse grande e refinado carrasco que foi viver à grande e à "europeia", em Nova Yorque, em "casa" da Senhora Lagarde ( regente do FMI).

 

CR

SEGUIR-ME AQUI

Despedimento mais fácil?

A avaliação de desempenho será o primeiro critério, entre cinco, a considerar pelas empresas para justificar o despedimento por inadaptação ou por extinção do posto de trabalho.

Ao abrigo da proposta de lei aprovada esta quinta-feira pelo Governo, no caso da extinção do posto de trabalho passam a existir cinco critérios objectivos: avaliação do desempenho, menores habilitações académicas, onerosidade da manutenção do vínculo, menos experiência profissional e menor antiguidade na empresa.
As condições económicas e familiares, uma das reivindicações da UGT, acabou por ser afastada.
O Governo aprovou uma proposta de lei que procede a alterações ao Código do Trabalho, no que diz respeito à cessação do contrato por extinção do posto de trabalho ou por inadaptação, mas sem acordo entre os parceiros sociais.
"O papel do Governo é aproximar os parceiros sociais, mas neste caso não foi possível", afirmou o ministro do Emprego e Solidariedade Social, Pedro Mota Soares, em conferência de imprensa após a reunião semanal do Conselho de Ministros.

SEGUIR-ME AQUI

Agostinho Rodrigues - Agradecimento

«ESTIMADOS AMIGOS:»

 

Em primeiro de tudo, quero expressar os meus votos de agradecimento a todos quantos se lembraram de mim e de meus familiares nestas Festas de Natal e Ano Novo.

Embora tardiamente e, por motivos imprevistos do falhanço das máquinas que, de vez em quando nos pregam estas partidas. Mas, embora fora de tempo, quero retribuir com o mesmo gesto a todos aqueles que tiveram o carinho de se preocuparem comigo e a minha família.

A todos quero dizer o meu muito obrigado e, que o ano de 2014 que está em princípio, nos traga muita saúde, paz, boa harmonia, boa disposição e, muita compreensão para podermos enfrentar todos os problemas que nos vão surgindo no dia-a-dia.

Um grande abraço a todos.

Agostinho Rodrigues

SEGUIR-ME AQUI

JÁ DE CARAPUÇA NA MÃO, MAS NÃO "ENFIADA"

Queria dar os parabéns ao nosso Presidente da Junta, António Gonçalves, por ter estado presente na Cruz Carreira. E louvar-lhe a capacidade de saber conviver com todos, mesmo com quem o critica.

E dizer ao Toninho que avaliou precipitadamente (pelo menos) a minha ausência no referido evento. Faria talvez melhor, como eu faço com ele, comunicar diretamente comigo, mas, infelizmente, não o fez.


Com efeito, tinham-me dito que era a Junta de Freguesia e o povo a organizar o magusto. E nesse caso havia algo de palpável a identificar a organização.

Mas veio o desmentido. E o desmentido deixou-me um tanto perdido, sem saber quem organizava de facto. Ora a casamentos e baptizados só vão os convidados. E como a partir do desmentido fiquei sem saber quem organizava, a minha vontade de participar logo resfreou.

Acresce que, entretanto, me enviaram um convite do Lar de Tourencinho para estar presente  no S. Martinho, que lá iriam organizar. Justamente à mesma hora do da Cruz Carreira. Como é sabido, a minha mãe está em Tourencinho. Vejo-a poucas vezes. Não ia desperdiçar a ocasião para estar junto dela.

Não fora isto, e certamente estaria na Cruz carreira, com ou sem luvas brancas, para conviver com os da minha terra que, não deixo de observar,  quando o Prazer da Memória organiza algum evento, não tenho visto tão indignados com a ausência dos outros.

 

FCR

SEGUIR-ME AQUI

AFINAL A ORGANIZAÇÃO DO MAGUSTO NÃO É DA JUNTA DE FREGUESIA

Toninho (IP: 188.83.91.199) disse sobre DOMINGO HAVERÁ MAGUSTO NA NOSSA TERRA na Quarta-feira, 6 de Novembro de 2013 às 23:13:

 

     

Boa Noite
O referido magusto não é organizado pela Junta de freguesia, mas sim por todo o povo que queira participar o mesmo será no largo da cuscarreira, agradecia que publica-se este comentario para evitar comentarios menos agradaveis para a minha pessoa. Quando a Junta Organizar algum evento faz através de edital

Toninho

SEGUIR-ME AQUI

PERSONALIDADES AGUIARENSES




Gomes da Costa

 

(Dr. Francisco Gomes da Costa, n. Vila Pouca de Aguiar, 25 Fev.1919 – m. 1987), foi um avançado voluntarioso e estratega inteligente, ágil e de boa técnica, que jogou no FC Porto com grande dedicação durante 10 épocas (1936-37 a 1945-46), com uma de interregno (1938-39). • Gomes da Costa era estudante universitário (Faculdade de Medicina do Porto), e porque primeiro estavam os estudos, nem sempre podia dar o contributo ideal à equipa. Era muito solicitado por equipa técnica e dirigentes mas, de facto, era-lhe impossível jogar com a regularidade pretendida. Empenhado na licenciatura, na época 1938-39 não participou em qualquer jogo do Campeonato Nacional (por isso não foi Campeão) e na de 1945-46 integrou-se muito depois do início da campanha. • O simpático “Quicas” (como lhe chamavam colegas e amigos), portista de coração, disse “não” a “contrato milionário” que o Benfica lhe oferecera. A jogar futebol, “só o faria no FC Porto”. Também recusou convite para alinhar pela Académica de Coimbra. No Porto jogou ao lado de grandes futebolistas como Soares dos Reis, Vianinha, Pocas, Carlos Pereira, Francisco Ferreira, Lopes Carneiro, Reboredo, Carlos Nunes, Costuras, Correia Dias, Araújo e Barrigana. • Fez parte da equipa do FC Porto que se sagrou Bicampeã Nacional na época 1939-40; e do “sexteto de cordas”, assim chamados os seis belíssimos executantes que pontificavam nessa fantástica equipa: Bela Andrasik, Petrak, ele próprio, António Santos, Kordnya e Pinga. • Foi internacional. Vestiu a camisola da Selecção Nacional em jogo contra a Espanha, na Corunha, em 6 Mai.1945 (2-4). Na última época ao serviço do FC Porto, 1945-46, ainda participou na festa de despedida do companheiro e amigo Pinga. • Conceituado Médico Dentista, foi Presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar (tomou posse em 1964). O Dr. Francisco Gomes da Costa é reconhecido, na terra natal, como um filho ilustre. O Pavilhão Gimnodesportivo Municipal e uma rua da vila têm o seu nome. Faleceu em 1987. • Com orgulho envergou Gomes da Costa a camisola azul-e-branca, orgulhoso está o FC Porto de o ter acolhido nas suas fileiras. Carreira no FC Porto 1936-37 e 1937-38; 1939-40 a 1945-46 Palmarés 1 Campeonato Nacional (1939-40) 1 Campeonato de Portugal (1936-37) 8 Campeonatos do Porto [Gomes da Costa – Fontes: várias; preciosas informações do Gabinete de Cultura do Município de V. P. Aguiar, a quem se agradece na pessoa da Exma. Sra. Dra. Marilita Fernandes.


 

_____________________________

 

 

_______________________________________________________


 _______________________________________________________________________


 


SEGUIR-ME AQUI

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D